21 de outubro de 2008

Chamada telefônica

Estávamos ontem "desfrutando" mais uma tarde como outra qualquer. Uma segundona de sol forte e sofá agradável quando o telefone tocou:
- Alo. - atende Mary com voz de sono
- Oi Mary, aqui é a doutora...
Depois de uns "oi, tudo bem, como está, etc..."
- Tive um retorno do REREME (banco de medula óssea) sobre os doadores.
- E aí doutora? - Indaga Mary já bem acordada e curiosa.
- Então, dos cinco possíveis, não encontrou um doador...
- Não?! - Questiona decepcionada.
- ...Não, encontrou 4!!!
- Sério?! - Indaga feliz e incrédula.
Depois disso vieram algumas perguntas e informações que com a empolgação acabaram um pouco esquecidas! Ficamos meio assim sem saber direito.
Uhuuuu!!! Que beleza!!!
Conversando com a dra Patrícia hoje ela explicou melhor o que vêm a seguir. Terei que colher mais uma amostra de sangue para o pessoal cruzar com a dos doadores para verificar qual é o melhor para realizar a doação. E é claro, se a pessoa concorda em fazer a doação.
Somente após estes exames iremos conversar com médicos sobre condições e datas do transplante. É mais um passo concluído.
Isso é motivo de muita felicidade, encontrar um doador é extremamente difícil, no Brasil estima-se que a chance é de 1 em 300.000.
Por isso, quem se sente a vontade e não se cadastrou no REDOME (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) não deixe de fazê-lo!
Muito obrigado pelo apoio que todos tem me dado.
Vencemos mais uma etapa, vamos lá!
Fé em Deus!

10 comentários:

Anônimo disse...

Grande Aron!

Que excelente notícia! Ainda melhor recebê-la quando menos se espera... em plena tarde de segunda-feira!
É isso aí então. Mais uma etapa vencida e muita força para seguir em frente.

Ficamos aguardando outras segundas como essa.

Grande abraço para todos,

João

Carlos Martins - Johnny disse...

Que informação excepcional!
Ainda mais ao se ver que as chances estimadas eram de 1 em 300 mil... Poxa primo, joga na Sena, joga!
Como você disse, foi outra etapa vencida, estamos mais próximo para o "triunfante Xeque-Mate". Seguimos com nosso apoio e fé!
Forte abraço!

Dudu

Di disse...

Aron
as vidas se cruzam e nao por acaso. Eu e sua mae somos velhas conhecidas da UFMT, acompanho com admiraçao a força com que encaram este ciclo, que tenho certeza, será vitorioso. Sao os testes de fé que recebemos e só os recebe quem tem a força para superar as dificuldades. Estamos todos torcendo muito. Avante! Muita luz pra voce. Dinalva

Christiano disse...

Fala Pimão!
Que beleeeeeeeeeza!!!!!!!!!!!!
Grande Notícia...
Muita Calma Nessa Hora!
Mas... vamos, que vamos!
Ainda custa um pouquinho, mas tenho certeza q vc vai sair vitorioso dessa batalha!!!
Nem tô conseguindo teclar direito de tanta alegria!
Abraço enooooooorme!
Tô orando por ti!

Ana Érica disse...

Oi Aron!
Que notícia boa! Estou na torcida aqui!

Há um mês encontrei a Sandra Abib e José Guimarães em um evento da empresa que trabalho. Eles contaram que o Mauro também está em tratamento.

Agora estava vendo esses sintomas aí... pés inchados, enjôos, barriguinha... hmmm tem certeza que não está grávido não?! =)))))))

Ellen!! disse...

irmãozinho!!!
tô tãaaaaao feliz, a melhor notícia deste ano!!
um beijo e um foooorte abraço!
Ellen

Erika disse...

Que otimo, Aron!!!!
Fico muito, mas muito feliz mesmo :)

Vou continuar torcendo por vc e agora vou rezar pra que esses 4 doadores sejam, alem de totalmente compativeis, pessoas de muito bom coracao e com muita vontade de doar! ;)

E lembre-se de que Fe e Paciencia sao virtudes que nos tornam mais sabios. Nunca eh demais exercita-las!

Beijo grande!
Erika

Sanshi disse...

Uhu!! mesmo!!
Que bom Aron, que fase passe logo e traga muitos ensinamentos para um cara tão especial como você. Te admiro muito!
beijo,
Sandra

Viviane disse...

Que maravilha!! Fico aqui torcendo para que dê tudo certinho e que logo o transplante seja realizado e você e a Mary continuarão a historia de vida de vocês. Um abraço, muita força e coragem!

Júlio César Santiago Guiótti disse...

Aeeeeee...
Mais um passo rumo a vitória...
Força sempre!

Abraço
Júlio