17 de maio de 2008

Último Bronze

Ontem foi a última sessão de “bronzeamento artificial”que fiz. Uhuuu. Que beleza!
Muita gente pergunta como que é esta tal de radioterapia. No meu caso foi só um preventivo na região da cabeça. Dose baixa, rapidinho e poucas sessões. Tem zilhões de outros tipos de aplicações.
No começo pensei que entrássemos numa máquina futurista como aquelas de tomografia e coisa e tal e ela ficasse soltando raios para todos os lados e fazendo barulhos. Na verdade se trata apenas de um raio-x mais modernoso que tem um mecanismo para ficar rodando em volta de uma maca eletrônica. Nada demais...
O primeiro dia foi o maior nervosismo. Ficava pensando no césio 147, em Hiroshima e Chernobil. Cada coisa besta que passa na cabeça da gente. Besteira pura que passou segundos depois.
Entrei na sala e demorou uns 3 minutos para me prepararem na maca. O pessoal saiu da sala e a festa começou. Primeiro um barulho de extintor... Depois parecia que ia começar uma “Rave”. Só percebi uma espécie de luz azul pairando por ali. Isso que eu acho que é azul pois achei melhor não arriscar ficar abrindo o olho, né?! Hehehe. Na hora do barulhinho ficava imóvel, sem mexer uma palha. Vai saber... Esquisito mesmo foi uma sensação de um cheiro durante a tal “luz azul”. No final das contas, a aplicação mesmo não durou um minuto! Demorava mais para me arrumar e desarrumar na maca do que o processo em si.
O mais estranho, no meu caso, é que precisava usar uma mascara de plástico moldada no meu rosto. Ela prendia minha cabeça na maca e tinha a marcação do local da aplicação. Tinham dito que iam fazer marcações com “uma canetinha” na cabeça para mostrar os locais... Achei que ia ficar todo estiloso “punk” com riscos no crânio... mas com a máscara nem precisou. As coisas estão mais modernas. O difícil é explicar como é esta máscara. Ela era de plástico toda furadinha, como uma rede. Cobria todo o rosto, testa, queixo e prendia na maca deixando a cabeça bem justa e fixa. Incomodava um pouquinho na hora de colocar e tirar pois esbarrava nos meus orelhões!
Agora que acabou que pensei em tirar uma foto para mostrar como era. Mas agora é tarde. E pensando bem, melhor sem foto, pois devia ficar uma coisa muuuuito horrível com aquela mascara!

11 comentários:

Adriana disse...

Lá se foi mais uma fase ;-)
Também acho que foto de máscara ia assustar um pouco.. ainda mais toda pintadinha!
beijossss

Max disse...

Punk? Máscara com uns furinhos?
Essa descrição mais parece a do Jason, de Sexta-Feira 13 :D

E dá até pra vc montar uma banda!

Força cara, estamos todos torcendo por vc!

Abraços!

MINÊRO VÉIO disse...

Maravilhoso! Jocoso! Saboroso! Fabuloso! Gostei imensamente desse seu texto. Ele nos revela mais um dos seus dotes: o literário. Já pressentia isso, mas não com a intensidade de hoje. Bem verdade que chega a ser um Machado de Assis! Mas que está bem escrito está! Sua crônica nos mostra como as suas observações são perspicazes e registra as memórias espontâneas de quem vive intensamente e que está bem além da procura da recuperação da saúde (o que mais desejamos). Tive a sensação de que você também está à procura de um bem ou de um sentido ainda maior de vida: amizade, alegria, liberdade, amor... algo que precisa ser repartido. Vou aguardar ansioso novas “reportagens de vida”. Álvaro Abreu, um antigo colega de trabalho ( também de infarto), sobrinho do Rubem Braga, me fez uma recomendação terapêutica: “Escreva, meu amigo. Escrever é uma atividade muito boa para a saúde e para a alma”. Como não tenho conseguido realizar esse conselho, vou repassá-lo para você. Espero que o abrace com a sua fantástica criatividade.
Tio geraldo.
Brasília, 18 de maio de 2008.

Patu disse...

Heeeeey!!!
Parabéns, parabéns!!!!!! Tou na supertorcida, rapaz!!!!
Beijocas.

jelista disse...

Olá Aron,

Gostei muito mesmo deste Blogger. Seus “post” numa linguagem pitoresca acentua os aspectos da realidade em que você esta vivenciando. Tenho plena certeza que a interação dos visitantes deste venha dar uma dimensão maior para o sucesso seu restabelecer e de todos os portadores de leucemia.

Um grande abraço do tio João

Obs. Vamos todos ajudar a turma do “SANGUE BRANCO” consiga mais um doador medula minha gente!!! Não custa nada.

Rodrigo ARRUDA disse...

Gostei do blog, os textos, fora de série!
Originalíssimo!
Está de parabéns.
Grande abraço,
Arruda

Carol disse...

Aronn,

To adorando ler os textos aki.
talvez seja alguém nos apreentando a algo até então não mto conhecido!!

Voltarei mais vezes!!

bjo grande

Anônimo disse...

Oi Aron, quanto tempo!!!!!

Primeiro, como ainda não tive oportunidade, quero lhe dar parabéns pelo casório.

Segundo, quero lhe dizer que estou muito confiante na sua recuperação.

Terceiro, achei o máximo seu blog!

Quarto, estou com muitas saudades de vocês. Fala pra Mari que guardo até hoje o chaveirinho que ela me deu.

E, quinto e último lugar, conte comigo para qualquer coisa que precisar. Sua força de vontade representa não só uma vitória pessoal, mas verdadeiro exemplo para todos nós!

Grande beijo

Louise

Kátia Passos disse...

Oi Aron adorei o seu blog. Eu também estou nesta corrente de certeza de que TUDO VAI DAR CERTO.

Confie sempre em Deus, ele nunca nos desampara... Boa Sorte..

Associação disse...

Olá Aron,

Amei seu texto, como também já fiz radioterapia, não tinha lido até agora nada igual e que explicasse tão bem e com tanto bom humor!
Quem me passou seu blog foi seu tio Geraldo que também não me conhece pessoalmente mas entrou no nosso site para conhecer nosso trabalho e me mandou um e-mail muito simpático e gentil. Fiquei muitíssimo agradecida.
Entre lá para conhecer e se puder...ficaria muito lisonjeada, divulgue no seu blog o nosso site www.vivacaio.org.br

Um grande abraço,
Marisa Taioli Rosa

Aron Paiva disse...

Valeu pessoal!
Obrigado a todos pela força e apoio e por acompanhar o blog.
Alo Louise! Eu e a Mary moramos juntos já faz tempo mas ainda não casamos oficialmente... Não ainda... hehehe.
Marisa já adicionei o link da associação no blog e achei muito interessante o trabalho de vocês. Espero poder contribuir mais.
Grande Abraço a todos.